Profissionais multidisciplinares e colocação de mercado
Mercado

Profissionais multidisciplinares e colocação de mercado

Há quanto tempo você escuta (ou lê) a frase “o profissional de hoje precisa ser multidisciplinar”? Se você ainda está na sua primeira graduação, talvez não leia tanto sobre. Já estamos migrando para um cenário que incensamos especialistas. Caso seja mais velho, já deve ter pensado: “finalmente os meus interesses por sci-fi e história vão ser úteis!”. E note como os posts sobre o assunto são sempre no imperativo: “o mercado exige”, “a demanda é crescente”, “não tem pra onde fugir”. O que talvez a gente tenha confundido foi equipe multidisciplinar com pessoas multidisciplinares. O mercado não absorve bem pessoas com vários conhecimentos, mas precisa de equipes com formações diversas.

Há uma diferença imensa entre equipe multidisciplinar e pessoa multidisciplinar. E não foi um engano ingênuo ou um simples erro de interpretação de frase. Em meio à crise, corte de verba, especialmente para comunicação, é compreensível que um profissional tenha de saber fazer mais de uma função, ter conhecimento não só sobre a empresa, mas concorrentes, mercado, boas práticas do setor. E também vemos vagas sendo anunciadas para pessoas que, praticamente, assobiam e chupam cana. Ou seja, em teoria, o mercado busca profissionais multidisciplinares!

O que é ser um profissional multidisciplinar?

Vamos do óbvio então. Multidisciplinar significa várias disciplinas. Então, diferente do profissional super especializado, os profissionais multidisciplinares têm conhecimento acumulado de várias cadeiras. Eles têm sua razão de ser. Não só em um mercado de comunicação em que empresas de pequeno e médio porte tendem a contratar uma pessoa para várias funções. Mas para gerenciar pessoas e projetos multidisciplinares o ideal é ter alguém afrente que entenda dos processos.

O profissional multidisciplinar tem a vantagem de enxergar o todo. Em cargos como o de gerente de projetos ou de BI são excelentes para prever oportunidades e riscos. Mas também como planejamento e pesquisadores. Como produtores de conteúdo. A não ser que você vá fazer o blog da sua empresa, você precisa entender dos mercados e nichos dos seus clientes para falar sobre eles. Certo?

Eu confesso que tive alguma sorte. Além de ser curiosa, logo eu leio de tudo um pouco, encontrei pessoas pelo mercado que enxergaram na minha curiosidade algum valor. Especialmente enquanto fui responsável por conteúdo, já escrevi sobre bem-estar, culinária, decoração e arquitetura, casamento, economia doméstica, educação, alimentação saudável… Mas entendo que as exigências têm sido cada vez maiores para me especializar. O que sempre me soa um contrassenso pois comunicação é uma escola diversa e generalista!

Multidisciplinar ou multitarefa

Esse é o problema da vez. É o novo perfeccionista. Ser multitarefa é, em teoria, fazer mais de uma coisa ao mesmo tempo. Mulheres costumam ser incensadas pro conseguirem ser multitarefas. Sabe o fenômeno de segunda tela? Aquela coisa de ver o seriado na TV e estar no Twitter falando sobre? É um exemplo de conseguir fazer mais coisas a um só tempo. Claro que, quando se está olhando a tela do Twitter, não se olha a televisão. E vice versa.

O problema de ser multitarefa é que a chance de começar algo e não terminar é muito grande. É preciso ter muita disciplina para fazer várias atividades ao mesmo tempo, especialmente no trabalho. O que me salva são os post-its virtuais e de papel, ou aquelas notas autoadesivas do Windows. Porque trabalhar em agência é ter de parar o que está fazendo por que surge alguma coisa mais urgente. Ou que o cliente quer na hora, o que rolar primeiro.

Então, seja multidisciplinar. Aprenda um ofício específico, mas aprenda a ver o todo. É uma metáfora boba, mas é como fazer uma graduação e uma especialização. Na graduação você enxerga o todo. Na especialização, foca numa atividade em específico. Não perca jamais o que você aprende nos livros, seriados, documentários e milhares de posts no Twitter e Facebook  que você lê todos os dias. Eles podem te ajudar amanhã.

 

Pós-graduada em marketing digital, trabalho no mercado há 06 anos. No momento sou responsável por monitoramento e métricas na Wide Comunicação Expandida, mas já trabalhei como produtora de conteúdo, planejamento, SAC e community manager.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *